Luís Fabiano admite que tempo de suspensão foi muito longo

O atacante brasileiro Luís Fabiano, do Sevilla, que voltará aos campos na quinta-feira, após suspensão de cinco partidas, por uma briga com o uruguaio Carlos Diogo, do Real Zaragoza, reconheceu que o tempo que esteve sem jogar foi "muito longo". "Foi muito duro, mas agora tenho a oportunidade de jogar. Aprendi uma lição, e estou arrependido", afirmou Luís Fabiano. O atacante brasileiro disse considerar "normal" a concorrência de jogadores do nível do atacante russo Kerzhakov, recém contratado pelo clube andaluz, e que no domingo marcou seu primeiro gol pelo Sevilla. "Ele aproveitou bem sua oportunidade. Mas não estou preocupado, pois me encontro bem, e acho que estou no mesmo nível de antes", acrescentou. Luís Fabiano admitiu que pode sentir a inatividade, mas acredita que, para voltar a jogar bem, "serão necessários apenas alguns minutos de jogo". Luís Fabiano agradeceu ainda pelas palavras de seu ex-companheiro de São Paulo, o meia Kaká, que há poucos dias recomendou sua contratação para o Milan. "Ele é um grande amigo, vivemos bons momentos no São Paulo. Fico contente que diga isso de mim, não esperava. Eu também recomendaria Kaká para o Sevilla", concluiu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.