<FONT size=2>Miguel Schincariol/AFP</FONT> 
<FONT size=2>Miguel Schincariol/AFP</FONT> 

Luis Fabiano é expulso, mas São Paulo faz 1 a 0 no Huachipato

Equipe precisa superar mais uma expulsão de Luis Fabiano para conseguir vantagem na primeira partida das oitavas da Sul-Americana

Estadão Conteúdo

30 Setembro 2014 | 22h29

Mesmo estando com um jogador a menos desde os 32 minutos do primeiro tempo, quando Luis Fabiano foi expulso, o São Paulo conseguiu uma importante vitória na noite desta terça-feira. Diante de pouco mais de cinco mil torcedores no Morumbi, derrotou o Huachipato por 1 a 0, pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana - o jogo de volta será no dia 15 de outubro, no Chile.

Agora, o São Paulo precisa de um empate no jogo de volta para avançar na Copa Sul-Americana. E, depois de conseguir uma vitória diante de condições adversas, também recupera confiança para a sequência do Brasileirão - vinha de quatro tropeços seguidos, com três derrotas e um empate -, pelo qual entrará em campo novamente no sábado, quando visita o Grêmio em Porto Alegre.

Ainda sem Muricy Ramalho, que ficou hospitalizado de quinta-feira a domingo por causa de uma arritmia cardíaca e se recupera em casa, o São Paulo está sob o comando do interino Milton Cruz, auxiliar na comissão técnica. E, pensando no jogo de sábado pelo Brasileirão, ele resolveu poupar três titulares diante do Huachipato: o atacante Alan Kardec e os meias Kaká e Ganso.

Sem os três, restou apenas Pato do quarteto ofensivo que vem tendo sucesso no segundo semestre. Assim, o São Paulo sofreu para criar jogadas de ataque. Fazendo um jogo morno, sem ameaçar o gol adversário, deu espaço para o Huachipato se arriscar na frente. Aos 15 minutos, por exemplo, Ezquerra assustou Rogério Ceni. E aos 17, um recuo errado de Auro quase provocou o gol.

A primeira chance real do São Paulo aconteceu só aos 24 minutos, em falta cobrada por Rogério Ceni na entrada da área, mas goleiro pegou sem dificuldades. Logo depois, Luis Fabiano, que tinha reclamado da reserva e recebeu a chance como titular, foi expulso de campo. Aos 32, o atacante fez falta em Arrué fora da disputa da bola, que o árbitro interpretou como agressão.

Enquanto Luis Fabiano saía de campo reclamando que tinha sido injustiçado pelo árbitro, o Huachipato ganhou ainda mais confiança para atacar, agora que estava com um jogador a mais em campo. Com isso, o time chileno quase abriu o placar aos 40 minutos. A bola sobrou para Ezquerra, sozinho dentro da área, mas Rogério Ceni fez milagre e defendeu com a perna, evitando o gol.

No começo do segundo tempo, o Huachipato tentou pressionar para aproveitar a vantagem numérica. Chegou a criar uma boa chance no chute de Povea que Rogério Ceni defendeu aos cinco minutos, mas logo perdeu o ímpeto. Afinal, o São Paulo abriu o placar aos 10, quando Michel Bastos fez jogada individual e arriscou o chute de fora da área, fazendo um belo gol no Morumbi.

Logo depois do gol marcado, Milton Cruz resolveu usar um dos titulares poupados, colocando Alan Kardec no lugar de Pato - Kaká e Ganso não ficaram sequer no banco de reservas. Com essa troca, o São Paulo passou a ter maior posse de bola, além de levar perigo nos contra-ataques. O Huachipato ainda pressionou nos minutos finais, mas não conseguiu evitar a derrota.

FICHA TÉCNICA:

SÃO PAULO 1 X 0 HUACHIPATO

SÃO PAULO - Rogério Ceni; Auro (Lucão e, depois, Hudson), Paulo Miranda, Edson Silva e Alvaro Pereira; Denilson, Souza e Michel Bastos; Osvaldo, Luis Fabiano e Alexandre Pato (Alan Kardec). Técnico: Milton Cruz (interino).

HUACHIPATO - Jiménez; González, Muñoz, Merlo e Vejar; Arrué (Espinoza), Ezquerra (Pontoni), Povea e Martín Rodríguez (Sagal); Sánchez e Vilches. Técnico: Mario Salas.

GOL - Michel Bastos, aos 10 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Christian Ferreyra (Uruguai).

CARTÕES AMARELOS - Souza e Arrué.

CARTÃO VERMELHO - Luis Fabiano.

RENDA - R$ 146.700,00.

PÚBLICO - 5.541 torcedores.

LOCAL - Estádio do Morumbi, em São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.