Luís Fabiano é o sexto artilheiro do ano para IFFHS

A Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol (IFFHS, na sigla em inglês) divulgou a lista dos maiores artilheiros do ano passado, e o brasileiro Luís Fabiano, do Sevilla (Espanha), ficou em sexto, enquanto o japonês Shinij Okazaki, do Shimizu FC, aparece na liderança.

EFE

09 de janeiro de 2010 | 09h38

Para elaborar a lista, a IFFHS contabiliza gols marcados em jogos internacionais entre seleções principais, torneios olímpicos de futebol e partidas internacionais válidas por competições entre clubes. Em caso de empate, leva a melhor quem tenha marcado mais gols por sua seleção.

Na lista, Luís Fabiano tem 13 gols marcados, sendo 11 pela seleção e dois pelo Sevilla. Okazaki marcou 15, assim como o segundo o terceiro colocado (o marfinense Didier Drogba e o argelino Abdelmalek Ziaya), mas levou o troféu por ter feito todos esses gols por sua seleção.

A lista com os dez primeiros colocados é a seguinte:

1.º - Shinij Okazaki (Japão, Shimizu FC) - 15 gols (15 seleção / 0 clube).

2.º - Didier Drogba (Costa do Marfim, Chelsea) - 15 (8/7).

3.º - Abdelmalek Ziaya (Argélkia, Entente Sportive) - 15 (0/15).

4.º - David Villa (Espanha, Valencia) - 14 (11/3).

5.º - Carlos Alberto Pavón (Honduras, Real Espanha) - 14 (9/5).

6.º - Luís Fabiano (Brasil, Sevilla) - 13 (11/2).

7.º - Mrisho Alfani (Tanzânia, Young Africans) - 13 (8/5).

8.º - Alan Kaluyituka (Congo, TP Mazembe) - 13 (5/8).

9.º - Edin Dzeko (Bósnia, Wolfsburg) - 12 (8/4).

10.º - Milan Baros (República Tcheca, Galatasaray) - 12 (6/6).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.