Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Luis Fabiano é suspenso por quatro jogos na Copa Libertadores

Conmebol pune atacante pelos insultos ao árbitro do jogo contra o Arsenal Sarandí

PAULO FAVERO, Agência Estado

22 de março de 2013 | 12h53

SÃO PAULO - Luis Fabiano pode não defender mais a camisa do São Paulo nesta edição da Copa Libertadores. Nesta sexta-feira, o atacante foi suspenso por quatro jogos pela Conmebol e, caso o time não avance às oitavas de final, não disputará mais partidas da competição neste ano.

O jogador levou gancho de quatro partidas, incluindo a suspensão automática, já cumprida na partida contra o Arsenal de Sarandi, na semana passada. Ele ficará de fora dos jogos contra o The Strongest, dia 4 de abril, e contra o Atlético Mineiro, no dia 17 do mesmo mês.

Se o São Paulo avançar à próxima fase, Luis Fabiano só poderia jogar a partida da volta. Além da suspensão, o atacante foi punido com multa de US$ 5 mil (cerca de R$ 10 mil), pelo Tribunal de Disciplina da Conmebol.

Luis Fabiano recebeu a punição por ter, segundo a entidade, insultado o colombiano Wilmar Roldán, o árbitro da partida contra o Arsenal, no dia 7 de março. Ele teria xingado o juiz após o apito final. O jogador, porém, nega as ofensas.

"Pessoas que estavam próximas dele falaram que ele não fez nada. Foi um fato isolado", afirmou Paulo Henrique Ganso, presente naquela partida. Ao ser informado sobre a punição, Luis Fabiano não quis se pronunciar.

A diretoria do São Paulo já avisou que vai tentar reverter a pena junto à Conmebol. O clube, que considerou a punição "severa e injusta", pode recorrer à Câmara de Apelações da entidade no prazo de sete dias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.