Luís Fabiano faz 3 e São Paulo goleia

O São Paulo já está praticamente classificado para a final do Campeonato Paulista. Com três gols de Luís Fabiano, a equipe goleou a Portuguesa Santista por 5 a 0, nesta quinta-feira à noite, no Morumbi - Júlio Baptista e Itamar fizeram os outros gols do jogo. Agora, nem uma derrota por 4 gols de diferença, domingo, às 11 horas, na Vila Belmiro, tira a vaga dos são-paulinos.O público do jogo desta quinta-feira, de 13.587 pagantes, foi maior que o do clássico Palmeiras e Corinthians, que teve 13.052 pagantes na quarta-feira, também no Morumbi.A vitória do São Paulo ficou mais fácil a partir da opção do técnico Pepe. Ele decidiu armar a Portuguesa Santista com três zagueiros, escalando André Astorga e deslocando o volante Vandir para a direita, sacando Nelsinho. Ao fazer isso, deu muito campo para o São Paulo. Com espaço para jogar, o São Paulo mostrou técnica e também muita raça e marcação. A Santista foi sufocada desde o começo, com os atacantes são-paulinos ajudando na hora de marcar e impedindo a saída de bola do adversário. Pepe viu seu time partido em dois blocos: um na defesa, com oito jogadores, e dois atacantes perdidos na frente. A esperança era que os volantes Adriano e Fabrício conseguissem marcar Kaká e Ricardinho, respectivamente. Mas isso também não deu certo. A disparidade técnica do São Paulo logo fez-se sentir, principalmente com Kaká, que fez uma partida excelente, deslocando-se de um lado para outro, buscando espaços, dando passes e também carrinhos.O primeiro gol saiu após uma besteira de Vandir. Ele pediu a bola a Reinaldo, que estava de costas, e foi punido com um tiro livre indireto. Ricardinho tocou para Júlio Baptista, que acertou um chute forte no ângulo esquerdo de Maurício, aos 21 minutos. Acabara a invencibiliade do goleiro, que ficou 395 minutos sem sofrer gols.O segundo saiu aos 36, quando Luís Fabiano, após um belo passe de Reinaldo, deu um toque suave sobre Maurício. Elizeu perdeu a única chance da Santista no minuto seguinte. Com o gol aberto, chutou para o alto. O terceiro do São Paulo saiu aos 40 minutos. Ricardinho tocou para Kaká, que serviu, com o calcanhar, Luís Fabiano. Dessa vez, o atacante marcou de esquerda.No segundo tempo, Pepe trocou o 3-5-2 pelo 4-4-2 e nada melhorou. Pelo contrário, o massacre continuou. O quarto gol saiu aos 15 minutos, novamente com Luís Fabiano, que completou um passe de cabeça de Kaká. A Portuguesa Santista passou a atacar mais e exigiu duas defesas de Rogério Ceni. Mostrou também que a defesa do São Paulo continua dando sustos. O último gol saiu aos 40 minutos, com Itamar, de cabeça, aproveitando-se de um escanteio cobrado por Leonardo Moura. O São Paulo ganhou dois desfalques para o jogo de domingo. Afinal, Ricardinho e Fábio Simplício levaram o terceiro cartão amarelo. Em compensação, Maldonado volta após cumprir suspensão. Mas nada disso preocupa o técnico Oswaldo de Oliveira. Depois da vitória por 5 a 0, os são-paulinos vão cumprir tabela em Santos, só esperando o adversário da final: Palmeiras ou Corinthians.Ficha técnica:São Paulo: Rogério Ceni; Leonardo, Jean, Régis e Gustavo Nery (Fabiano); Fábio Simplício, Júlio Baptista, Ricardinho e Kaká (Cléber); Reinaldo e Luís Fabiano (Itamar). Técnico: Oswaldo de Oliveira.Portuguesa Santista: Maurício; André Astorga (Nelsinho), Zambiasi, Nenê e Adavilson; Vandir, Adriano, Fabrício (Cléberson) e Souza; Rico e Elizeu (Reinaldo). Técnico: Pepe.Gols: Júlio Baptista, aos 27, e Luís Fabiano, aos 36 e 41 minutos do primeiro tempo; Luís Fabiano, aos 17, e Itamar, aos 40 do segundo.Árbitro: Salvio Spinola Fagundes Filho.Cartão amarelo: Gustavo Nery, Vandir, Ricardinho, André Astorga, Régis, Kaká, Fábio Simplício e Reinaldo (Portuguesa Santista).Local: Morumbi.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.