Luís Fabiano fora de controle

As estatísticas estavam impressionantes e a diretoria orgulhosa de Luís Fabiano. O artilheiro do São Paulo este ano chegou a ter índice superior a um gol por partida. Mas nas últimas partidas ele perdeu o fôlego. Não só não marcou como jogou mal e ainda tomou cartões. Sua média caiu para 32 gols nas últimas 37 partidas.O lado disciplinar decaiu de vez. Já ficaria de fora das duas próximas partidas do São Paulo, suspenso por haver xingado o árbitro Márcio Rezende de Freitas, na partida contra o Atlético Paranaense. Mas recebeu o terceiro amarelo diante do Cruzeiro e não entrará em campo contra Juventude, Criciúma e Fortaleza. A culpa por tanto descontrole? Ameaça de seqüestro.Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.