Susana Vera/Reuters
Susana Vera/Reuters

Luís Fabiano marca 2, mas Sevilla perde e se complica

Com a derrota por 4 a 3, o time se complicou na briga por uma vaga na próxima Liga

AE, Agência Estado

25 de abril de 2010 | 18h19

O centroavante Luís Fabiano fez a sua parte neste domingo para tentar garantir a vitória que tanto o Sevilla precisava. Mas nem os dois gols marcados pelo jogador da seleção brasileira foram suficiente para evitar a derrota por 4 a 3 para o Getafe, de virada, fora de casa. Com o tropeço, o time de Sevilha se complicou na briga por uma vaga na próxima Liga dos Campeões.

Veja também:

ESPANHOL - tabela Tabela e resultados

O resultado negativo manteve o Sevilla em quinto no Campeonato Espanhol, restando apenas quatro rodadas para o fim do torneio. O time de Luís Fabiano soma 54 pontos, dois a menos que o Mallorca, primeira equipe na zona de classificação à principal competição europeia. O Getafe, por sua vez, foi a 50 pontos, em sétimo, e segue com chances de conseguir uma vaga na Liga Europa.

Na partida em Madri, além do centroavante da seleção, o Sevilla ainda teve o meia Renato e o lateral-esquerdo Adriano como titulares. Mas os brasileiros nada puderam fazer quando González abriu o placar para o Getafe, logo aos 17 minutos. Com 33, Luís Fabiano empatou e o malinês Kanouté decretou a virada cinco minutos depois, levando a vantagem para o intervalo.

Na volta para o segundo tempo, León recolocou os anfitriões em igualdade aos 14. A alegria do Getafe, porém, durou apenas dois minutos, até que Luís Fabiano marcou o seu segundo gol na partida e fez 3 a 2. Valente, o time madrilenho empatou novamente aos 31, com Manu. Depois que Kanouté tinha sido expulso, o gol da vitória veio em cobrança de pênalti de Parejo, já aos 49 minutos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.