Rafael Arbex/Estadão
Rafael Arbex/Estadão

Luis Fabiano minimiza derrota em março para o Palmeiras: 'Atípico'

Atacante do São Paulo lamenta os 3 a 0 sofridos pelo Paulistão

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

26 de junho de 2015 | 10h00

O atacante Luis Fabiano garantiu nesta quinta-feira não temer o reencontro marcado para o próximo domingo com o time que causou ao São Paulo a pior derrota do ano. Para o jogador, os 3 a 0 sofrido para o Palmeiras, pelo Campeonato Paulista, foram resultado de uma de uma partida atípica e de circunstâncias inusitadas.

"Aconteceram coisas que a gente não está acostumado a ver no futebol. Teve gol do meio-de-campo. Ele nunca mais vai fazer isso na vida", comentou o são-paulino. No clássico de março, o meia palmeirense Robinho abriu o placar logo no começo do jogo em um belo chute de cobertura após Rogério Ceni errar um lançamento.

Luis Fabiano foi desfalque de última hora para aquele jogo, ao sentir uma lesão pouco antes do pontapé inicial e ser substituído por Alan Kardec. "Depois do gol ainda teve a expulsão do Toloi logo cedo (aos sete minutos). Foi um jogo atípico e que a gente precisa apagar da memória". A derrota fez o então técnico Muricy Ramalho colocar o cargo à disposição no dia seguinte.

Para domingo, pelo Campeonato Brasileiro, o jogador deve ser titular no Allianz Parque. A grande dúvida na escalação é o meia Michel Bastos, que no treino desta quinta-feira saiu com dores no músculo posterior da coxa direita e pode ficar fora da equipe.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.