Luís Fabiano se diz chateado por ficar fora de amistoso

Com uma micro-ruptura em dois ligamentos do joelho esquerdo, atacante da seleção não enfrenta a Itália

estadao.com.br

31 de janeiro de 2009 | 15h23

Luís Fabiano vai precisar de pelo menos quatro semanas para se recuperar da lesão no joelho, sofrida no jogo contra o Valencia, pelas quartas-de-final da Copa do Rei. O atacante do Sevilla, que sofreu micro-ruptura em dois ligamentos do joelho esquerdo, na última quinta-feira, lamentou ficar de fora do amistoso contra a Itália, no dia 10 de fevereiro, na Inglaterra. Veja também:Dunga convoca Amauri, mas aguarda aval da Juventus Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão"Já iniciei o tratamento e espero conseguir abreviar esse tempo que ficarei parado. Foi uma pena acontecer isso logo antes da partida contra a Itália. Estava muito motivado para esse jogo, já vinha conversando com o Adriano (lateral-esquerdo), aqui em Sevilha, sobre o que poderíamos fazer na partida, mas tenho que me conformar, pois qualquer jogador está sujeito a isso. O que posso fazer é lamentar minha ausência e desejar sorte ao Dunga e aos jogadores que defenderão o Brasil nesse jogo", afirmou o atacante.O lateral-esquerdo Adriano, também convocado para o amistoso, lamentou a ausência do companheiro de equipe. "Nem acreditei quando ele me falou que não poderia jogar o amistoso contra a Itália. Mas ele é um cara forte, tem a cabeça boa, e vai se recuperar rápido. Se tiver uma oportunidade de jogar, vou fazer de tudo para corresponder", disse Adriano, que não era convocado desde 2006.O atacante ainda explicou porque deixou a partida contra o Valencia apenas nos acréscimos. "Senti que havia algum problema no meu joelho com 20 minutos do segundo tempo do jogo contra o Valencia, mas como a dor estava suportável e a partida era muito importante para nós, decidi continuar jogando. Só depois do jogo, quando a dor aumentou, é que os médicos me examinaram e suspeitaram de que havia uma lesão no local." O Sevilla conseguiu se classificar para as semifinais da competição.A recuperação do jogador pode acontecer no Brasil. Luís Fabiano está conversando com os médicos do Sevilla para ver a possibilidade de fazer parte de sua reabilitação no Reffis do São Paulo. Se for liberado, o jogador desembarcará no País no início da próxima semana.(Com EFE)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.