Paulo Fernades/Vasco
Paulo Fernades/Vasco

Luis Fabiano será julgado na segunda por 'barrigada' em árbitro

Atacante corre o risco de pegar 15 jogos de suspensão

O Estado de S.Paulo

29 de março de 2017 | 16h26

O Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD-RJ) marcou para a tarde da próxima segunda-feira o julgamento do atacante Luis Fabiano, do Vasco, pela expulsão no clássico contra o Flamengo, no último domingo, realizado no Mané Garrincha, em Brasília. O centroavante deu uma "barrigada" no árbitro Luiz Antonio Silva Santos, conhecido como Índio, por não concordar com uma marcação do juiz da partida, que terminou empatada em 2 a 2.

O veterano atleta, de 36 anos, foi denunciado pela Procuradoria do TJD-RJ com base nos artigos 250 (ato hostil), 258 (conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva) e 243-F(ofender a honra do árbitro) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. Somadas, as penas podem chegar a 15 jogos de suspensão, além de multa.

A expulsão do atacante no clássico - Luis Fabiano se irritou após levar o cartão amarelo por uma entrada no volante Márcio Araújo - foi apontada como fator que desequilibrou a equipe e abriu caminho para a reação do Flamengo no jogo - o Vasco levou a virada e arrancou o empate no final.

Luis Fabiano não enfrenta o Boavista, nesta quinta-feira, às 21h30, em São Januário, pela quinta rodada da Taça Rio. O time é apenas o quarto colocado no Grupo C, com seis pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.