Luís Fabiano: "Só falta um grande título"

Quase 55 mil pessoas gritaram o nome de Luís Fabiano, destaque da vitória do São Paulo sobre o Cobreloa, quarta-feira, por 3 a 1. Antes do jogo, um fanático são-paulino chegou perto do atacante e afirmou que apenas um jogador foi tão festejado nos últimos tempos como ele: Raí. Principal estrela da equipe, o jovem de 23 anos deixa a modéstia de lado para dizer que já se tornou ídolo do torcedor. Mas tem consciência de que ainda falta um detalhe para que seu currículo cresça e o coloque na galeria de importantes astros do clube : um grande título. Kaká foi adorado pelos são-paulinos por algum tempo. Mas dificilmente fará parte da lista dos maiores craques. Saiu, no ano passado, sem nenhuma conquista de expressão. Situação parecida viveram outros atletas de alto nível, como França. Por isso, a luta de Luís Fabiano, agora, é para ajudar a levar o time a levantar a taça. Se possível, da Libertadores. ?Um título da Libertadores com o Morumbi lotado seria maravilhoso?, comenta. ?O que estou vivendo hoje é indescritível, mas faltam algumas coisas ainda para minha carreira.? Luís Fabiano tem contrato até 2008 e recebe pouco mais de R$ 100 mil por mês. Deverá, no meio do ano, ser assediado por agremiações da Europa e dificilmente a diretoria tricolor vai conseguir segurá-lo, embora garanta que vai fazer todos os esforços possíveis. O atacante, além de estar fazendo gols ? já tem 10 em 8 partidas em 2004 ?, vem melhorando o comportamento. Não recebeu, até agora, nenhum cartão na temporada, para a satisfação de Cuca, que não se cansa de elogiá-lo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.