Rubens Chiri/Divulgação
Rubens Chiri/Divulgação

Luis Fabiano tem mais motivação para os clássicos, afirma Osorio

Técnico do São Paulo comemora presença do atacante no domingo

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

07 Agosto 2015 | 15h40

O técnico Juan Carlos Osorio, do São Paulo, comemorou nesta sexta-feira o efeito suspensivo que liberou a escalação de Luis Fabiano para o clássico de domingo contra o Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro. Segundo o colombiano, o atacante tem uma motivação extra quando se tem pela frente um rival.

"A importância do Luis é grande. Ele está mais pronto para esses jogos do que para outros com times com menor história", comparou. O atacante ficaria fora da partida com o Corinthians para cumprir o segundo jogo de suspensão por desrespeito ao árbitro na derrota contra o Sport, mas o departamento jurídico do São Paulo conseguiu a liberação dele.

Luis Fabiano também comemorou a liberação. "Disputar um clássico é sempre muito especial e estava muito chateado por ficar de fora. Felizmente deu tudo certo e vou poder atuar. Espero ajudar o São Paulo a conseguir uma importante vitória", disse em entrevista ao site oficial do clube. O camisa 9 marcou gol contra o Corinthians no último encontro entre as equipes, pela fase de grupos da Copa Libertadores.

A confirmação sobre o atacante chegou ao clube nesta sexta-feira, mas Osorio contou que durante a semana já fez diversos treinos com Luis Fabiano no time titular. "Todos os dias trabalhos situações reais de jogo e ele participou normalmente, estpa bem e em ótimas condições para o jogo", explicou. Desde quarta-feira as atividades têm sido com os portões fechados.

Osorio contou que uma tendinite no joelho esquerdo vai deixar Rodrigo Caio fora da partida. Além dele, Alexandre Pato é desfalque por questões contratuais e Wilder Guisao, por ainda não ter adquirido a forma física ideal, também não deve entrar em campo. O meia Boschilia, vendido ao Mônaco, também não será relacionado.

Luis Fabiano e Centurión serão titulares no ataque e terão o desafio de encarar a melhor defesa do Campeonato Brasileiro. "É uma oportunidade para nós de competir contra a melhor defesa do futebol brasileiro. Espero que contra o corinthains possamos ir melhor. Trabalhamos bastante a finalização", contou.

Desde a derrota para o Atlético-MG, na semana passada, o São Paulo teve dez dias para se preparar e esse intervalo fez Osorio se cobrar para conseguir que o time apresente evolução. "Temos que mostrar progresso, com um bom comportamento defensivo contra um adversário que defende muito bem e ataca com quatro jogadores muito bons e rápidos".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.