Polêmico e brilhante, Suárez ganha estátua em cidade-natal

Polêmico e brilhante, Suárez ganha estátua em cidade-natal

Uruguaios idolatram atacante da famosa mordida na Copa de 2014

Estadão Conteúdo

13 de dezembro de 2015 | 16h16

Considerado um vilão do futebol por parte do público graças a atos de indisciplina, Luis Suárez também é idolatrado por outros aficionados pela raça e entrega que apresenta nos gramados do mundo, além do seu inegável talento para marcar gols. Como o povo uruguaio se encaixa no segundo grupo, o atacante do Barcelona irá ganhar uma estátua em tamanho natural no porto de Salto, sua cidade-natal.

A escultura, construída em resina e fibra de vidro, é obra do escultor Alberto Morales Saraiva e será inaugurada na próxima sexta-feira. A obra colorida e de estilo realista mostrará o artilheiro comemorando um gol com a camisa celeste da seleção uruguaia.

De acordo com a ministra do Turismo do Uruguai, Liliám Kechichian, Suárez é uma referência do futebol uruguaio ao redor do mundo por conta de sua qualidade futebolística e dos gols. "Apoiamos este projeto, porque ele é um enorme aliado na difusão do Uruguai", comentou.

O atacante do Barcelona já foi suspenso por três vezes em sua carreira por morder um adversário. A primeira vez aconteceu quando ainda era atleta do Ajax, na Holanda, depois pelo Liverpool, na Inglaterra, e a terceira, na Copa do Mundo do Brasil, em um jogo entre Uruguai e Itália que lhe rendeu um gancho de nove confrontos.

Um dos idealizadores da homenagem ao atleta é o empresário Leonardo Boruchovas, dono de um restaurante no porto de Salto, nas margens do rio Uruguai. "Sou fã de Suárez. Todos os turistas que chegam aqui perguntam onde ele nasceu, onde ele estudou. É um ídolo mundial", disse. "Quem o critica, não o conhece nem sabe o seu compromisso e ajuda a tantas obras sociais, como à fundação que atende crianças com câncer no Uruguai."

Suárez se desculpou por não poder comparecer à inauguração do monumento, pois estará com o Barcelona na disputa do Mundial de Clubes da Fifa. Na quinta-feira, no Japão, o time catalão estreia nas semifinais da competição contra o Guangzhou Evergrande, da China.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.