Luis Suárez pega 8 jogos de suspensão por ato racista

A FA (Associação Inglesa de Futebol, na sigla em inglês) resolveu pegar pesado contra o atacante Luis Suárez, do Liverpool. Nesta terça-feira, a entidade considerou o jogador uruguaio culpado por proferir palavras racistas para o zagueiro Patrice Evra, do Manchester United, e aplicou uma punição de oito partidas, além de uma multa de US$ 62 mil (pouco mais de R$ 114 mil).

AE, Agência Estado

20 de dezembro de 2011 | 18h47

O caso aconteceu no clássico entre Liverpool e Manchester United, em outubro passado, no estádio Anfield Road, em Liverpool, pelo Campeonato Inglês. Logo após a partida, Evra entrou com uma ação contra Suárez por ato racista por causa da sua cor da pele (negra). O atacante uruguaio negou qualquer acusação, mas mesmo assim a FA seguiu adiante nas investigações e realizou o julgamento nesta terça.

De acordo com a entidade, através de uma comunicado oficial, "a acusação de má conduta contra Luis Suárez foi provada. Ele usou palavras de insulto contra Evra durante a partida e elas incluíram referências à cor da pele de Evra".

Após o anúncio da suspensão, o atacante do Uruguai postou um breve comentário em sua página no Twitter. "Hoje (terça) é um dia muito difícil e doloroso tanto para mim como para minha família. Obrigado a todos os apoios, vou seguir trabalhando", afirmou Suárez.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.