Luisão minimiza críticas do técnico do Equador ao Brasil

O zagueiro Luisão garantiu nesta terça-feira que as declarações do técnico Sixto Vizuete, da seleção equatoriana, que considera a defesa do Brasil vulnerável não incomodaram os jogadores. Para ele, a seleção é sempre temida, apesar de ter perdido os dois últimos duelos que disputou no Equador pelas Eliminatórias da Copa.

AE, Agencia Estado

24 de março de 2009 | 16h55

"Isso a gente não da tanta atenção. Dentro do campo, a situação é diferente. O Brasil é sempre Brasil e muito respeitado", afirmou, acreditando que o Equador não jogará aberto no confronto de domingo, em Quito.

Luisão minimizou os efeitos da altitude na seleção brasileiro no duelo com o Equador. "Tem muita dificuldade, mas tem que passar por tudo isso. O importante é ter raça para superar os problemas", disse.

A opinião foi compartilhada pelo zagueiro Miranda, acreditando que o Brasil não terá dificuldades para se adaptar em Quito. "A bola é mais rápida. Mas não é desculpa para buscar a vitória. Um dia de treinamentos é suficiente", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.