Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Tiago Queiroz/AE
Tiago Queiroz/AE

Luiz Felipe Scolari escala time do Palmeiras com três no ataque

Dinei entra para jogar ao lado de Kléber e Luan, deixando Tinga como responsável pela armação

AE, Agência Estado

19 de janeiro de 2011 | 18h57

SÃO PAULO - Sem poder contar com seus dois principais meias - Valdivia recupera a forma física e Lincoln tem lesão muscular na coxa direita -, o técnico Luiz Felipe Scolari resolveu adotar um esquema tático mais ofensivo no Palmeiras. Assim, o atacante Dinei entra no time, para jogar ao lado de Kléber e Luan no ataque, deixando Tinga como responsável pela armação das jogadas.

Com essa formação com três atacantes, o Palmeiras espera somar nesta quinta-feira sua primeira vitória no Campeonato Paulista, em jogo contra Ituano, a partir das 21 horas, no Estádio Barão de Serra Negra, em Piracicaba. O restante do time será o mesmo que começou a partida do último sábado, quando os palmeirenses não saíram do 0 a 0 com o Botafogo no Pacaembu.

Entre os reforços contratados, apenas o lateral-direito Cicinho foi relacionado para o jogo em Piracicaba. Havia também a expectativa de que o atacante Adriano pudesse fazer parte do grupo, mas sua documentação ainda não foi regularizada. Nos casos do zagueiro Thiago Heleno e do volante João Vitor, ambos também recém-chegados ao clube, não há previsão de estreia.

Assim, com alguns desfalques importantes e ainda sem todos os reforços à disposição, Felipão deve escalar o Palmeiras nesta quinta-feira com a seguinte formação: Deola; Vitor, Maurício Ramos, Danilo e Rivaldo; Márcio Araújo, Marcos Assunção e Tinga; Kléber, Dinei e Luan.

Veja também:

link 'Há pessoas atrapalhando o Palmeiras', reclama Lincoln

link Alheio à eleição, chileno Valdivia diz que fica no Palmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.