Luiz Gonzaga Belluzzo reassume o clube do Palmeiras e já planeja 2011

'Senti do Felipão que ninguém vai esmorecer. Estamos todos comprometidos e eu também'

AE, Agência Estado

26 de novembro de 2010 | 22h20

SÃO PAULO - De volta à presidência do Palmeiras, Luiz Gonzaga Belluzzo já começou a pensar na próxima temporada. O dirigente reassumiu o cargo nesta sexta-feira, dois dias após a frustrante eliminação na Copa Sul-Americana, e deu início ao planejamento para 2011 em conversa com o técnico Luiz Felipe Scolari.

Veja também:

linkPalmeiras confirma desfalques de Lincoln e Edinho no jogo contra o Flu

linkMaurício Ramos prevê Palmeiras melhor na temporada 2011

linkPalmeiras assume crise e fala em prejudicar rival

"Conversei com o Felipão sobre 2011 e também falei com os atletas. Falei da minha decepção e fui muito claro que não podia de jeito nenhum ter deixado o Goiás virar aquela partida", comentou o presidente, lamentando a derrota para o time goiano, na semifinal da competição internacional.

"Já tínhamos o episódio do ano passado [Brasileiro de 2009] e fiquei muito chateado com o que aconteceu. Conversei com boa educação com os jogadores, mas também com a dureza que a ocasião permitia. Não dá para admitir ser eliminado naquelas circunstâncias", afirmou.

Da conversa com Felipão, Belluzzo destacou o comprometimento do técnico para remontar o time em 2011. "Senti do Felipão que ninguém vai esmorecer. Estamos todos comprometidos e eu também, até terminar o meu mandato. Vamos trabalhar muito para remontar o time, sem fazer coisas irracionais. O Felipão é muito claro e quer o comprometimento de todos", aprovou.

Belluzzo voltou à presidência do Palmeiras nesta sexta depois de ficar dois meses afastado por conta de uma cirurgia no coração. Ele se licenciou do clube no dia 28 de setembro e passou cerca de 45 dias internado no Hospital Sírio Libanês, de onde recebeu alta há 15 dias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.