Luiz Gustavo minimiza pancada sofrida na vitória sobre Camarões

Volante sofreu um pisão no tornozelo esquerdo e reclamou de muita dor, mas voltou a jogar e não teve problemas até o final da partida

Agência Estado

23 de junho de 2014 | 20h57

Xerife da defesa brasileira nesta segunda-feira, Luiz Gustavo deu um susto na torcida brasileira nos minutos finais da goleada por 4 a 1 sobre Camarões. Ele sofreu um pisão no tornozelo esquerdo e reclamou de muita dor, mas voltou a jogar e não teve problemas até o apito final.

"Foi só uma pancada, doeu bastante, mas nada mais que isso. Agora é recuperar ao máximo para estar 100% para o próximo jogo", minimizou o volante, satisfeito com a boa vitória. "Sempre bom ganhar, ganhamos hoje onde podemos mostrar várias evoluções. É o que queremos, o que tínhamos planejado". 

Nas oitavas de final, contra o Chile, Luiz Gustavo já projeta repetir o empenho visto nesta segunda. "Agora é 90 minutos, tudo ou nada, queremos deixar em campo tudo que tivermos que deixar em busca do nosso sonho".

O volante admite que o Brasil terá dificuldade para marcar as jogadas aéreas dos chilenos, mas preferiu valorizar a dedicação da seleção. "Acho que a equipe deles é uma equipe bem alta. Mas temos que pensar em nós, ao invés de ficar olhando para eles. Vamos para fazer o que sabemos fazer, fazer o que nos convém".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.