Luizão atinge recorde na Libertadores

Foi aos 38 minutos do primeiro tempo do jogo desta quarta-feira que Luiz Carlos Goulart entrou para a história dos goleadores brasileiros. Com o pé esquerdo, fez seu 26º gol em Libertadores da América, passando a ser o maior artilheiro do País desta competição. E ajudou o São Paulo a vencer o The Strongest por 3 a 0, no Morumbi.Foi o 35º jogo de Luizão em cinco participações no torneio. Em 2000, ele chegou a ser o artilheiro da Libertadores, com 14 gols pelo Corinthians - também a melhor marca de um brasileiro numa única edição. "Estou muito feliz. É uma marca importante para mim e também para o futebol brasileiro. Quero agradecer a todo o pessoal do São Paulo que me recuperou e permitiu que eu voltasse a jogar futebol", disse Luizão."O Autuori me tirou para que eu descansasse e pudesse ter uma boa seqüência de jogos", explicou Luizão, que foi substituído no segundo tempo. Ele também passou a ser o oitavo artilheiro na história da Libertadores, juntamente com o argentino Luis Artime e o peruano Oswaldo Ramirez.Os jogadores tentaram minimizar o fato de o São Paulo não ter conseguido vencer por cinco gols de diferença para ainda lutar pelo terceiro lugar da primeira fase. "Não dá para ficar escolhendo. A Libertadores é muito difícil e o importante é que ganhamos mais uma em casa", afirmou Diego Tardelli.Grafite, que voltou a marcar depois de quatro jogos, acha que fez uma boa partida. "Dentro do possível, joguei bem. Faltou um pouco daquela pressão que pusemos no Corinthians, mas a vitória por 3 a 0 foi boa. Depois, vamos ver como ficam os cruzamentos", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.