Luizão pode ir para o futebol japonês

O artilheiro Luizão - que só recentemente ganhou a vaga de titular no ataque do São Paulo - não deverá permanecer no Morumbi por muito mais tempo. A assessoria de imprensa do jogador não confirma, mas de acordo com informação veiculada nesta quarta-feira pela Rádio Jovem Pan, o jogador está negociando sua transferência para o Nagoya, do Japão, clube do técnico Nelsinho Baptista. Segundo a emissora, Luizão deverá ir embora assim que terminar a participação do Tricolor na Copa Libertadores da América.A assessoria de imprensa do jogador conta que Luizão foi sondado pelo clube japonês no final do Campeonato Paulista, ?mas as negociações não evoluiram? depois disso. A assessoria diz que não sabe dizer se as negociações foram retomadas. ?Ele não me disse nada a respeito. Estive com ele ontem e não se comentou nada sobre isso?, afirmou o assessor Acaz Fellinger. Além de Luizão, o São Paulo corre o risco de perder também o atacante Grafite, que interessa ao Espanyol. Mas a diretoria já começou a se mexer. Primeiro, tem praticamente acertada a contratação do centroavante Roger, da Ponte Preta. Além disso, começa a articular avolta do atacante França, hoje no Bayer Leverkusen, da Alemanha. Convencer França a voltar para o Brasil, no entanto, não será tarefa fácil. Ele disse hoje que realmente quer deixar o Bayer, mas garante ter propostas do futebol inglês e espanhol.LIBERTADORES - Já classificado para as oitavas-de-final, o São Paulo joga hoje à noite (21h45) contra o The Strongent, da Bolívia. A partida tem motivação especial para o goleiro Rogério Ceni que completará 600 jogos com a camisa do São Paulo. Hoje ele está apenas atrás de Valdir Peres, que tem 617 jogos com a camisa tricolor.A equipe terá apenas uma mudança em relação ao time que goleou o Corinthians (5 a 1 ) no último domingo. O zagueiro Lugano volta à zaga para o lugar de Alex. A expectativa da diretoria é de público de 30 mil torcedores hoje à noite no Morumbi.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.