Luizão pode ter renovação antecipada

O Corinthians e a Hicks Muse, patrocinadora do clube, começaram a articular a permanência do atacante Luizão no Parque São Jorge. O contrato do jogador terminará no fim de junho, mas os dirigentes estudam a possibilidade de antecipar o acerto para que o jogador continue no Corinthians por mais três ou quatro anos."Já começamos a definir as coisas", disse nesta quarta-feira o vice-presidente do Corinthians Antonio Roque Citadini ao se referir sobre a reunião que o empresário e procurador do jogador Francisco Monteiro, o Todé, teve com os dirigentes do Corinthians e da empresa norte-americana, na terça-feira, durante um jantar em restaurante no Morumbi. O jantar terminou por volta da uma hora da madrugada de quarta-feira.Além de Citadini e de Todé, participaram do encontro o presidente da Hicks Muse no Brasil, o norte-americano Dick Low e o diretor de Finanças do Corinthians Carlos Mello. Os dirigentes e o empresário partiram do princípio que o jogador, o clube e a empresária tem interesse na renovação do contrato."Mas não avançamos muito além disso", disse Todé. "É preciso analisar com muito cuidado todas as situações, porque na segunda-feira entra em vigor a lei que acabe com o passe do atleta. Isso significa que Luizão, no início de julho, estará livre para escolher seu novo clube. "Quanto vale hoje o passe de um goleador de 25 anos?", indaga o empresário, que deverá ter nova reunião com os dirigentes na próxima semana, depois de conversar novamente com Luizão. Todé afirmou que oficialmente ainda não foram apresentadas propostas dos dois lados para o acerto da renovação do contrato. Luizão foi um dos jogadores contratados pelo Corinthians com recursos da Hicks Muse.Rincón - Se a permanência de Luizão no Parque São Jorge poderá ser definida nos próximos dias, o mesmo não pode se falar sobre a volta de Rincón ao Corinthians. Todé afirmou que a Hicks Muse não pretende investir muito para ter o jogador colombiano de volta ao clube. Citadini também disse que a possibilidade de Rincón vestir novamente a camisa do Corinthians continua sem perspectiva."Não há novidade sobre isso, e nem se discutiu o assunto na reunião", afirmou nesta quarta-feira o dirigente. Sem Rincón, o clube não deverá mesmo contratar mais reforços neste semestre. O time deve continuar na Copa do Brasil com os mesmos jogadores que começaram o trabalho desde a chegada de Luxemburgo há pouco mais de um mês.A delegação do Corinthians deve voltar no fim da tarde de Joinville. No treino de sexta-feira à tarde, o técnico Wanderley Luxemburgo pretende definir a equipe que enfrentará o Mogi Mirim, sábado, em Mogi Mirim, pelo Paulista. Rogério e Pereira, suspensos com dois cartões amarelos, desfalcarão a equipe. O time, que ainda conta com a classificação para as semifinais do Paulista, tentará a terceira vitória consecutiva na competição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.