Reuters
Reuters

Lukaku afirma que '23 dos 25 jogadores' da Inter de Milão apresentaram sintomas da covid-19

Segundo o atacante belga, os atletas voltaram das folgas de fim de ano com sintomas do coronavírus e não foram testados

Redação, O Estado de S.Paulo

22 de abril de 2020 | 12h27

O atacante Romelu Lukaku revelou que "23 dos 25" jogadores da Inter de Milão apresentaram sintomas de coronavírus no início de janeiro, antes da pandemia atingir o país europeu, que já registrou mais de 180 mil casos e 24 mil mortes. Segundo o atleta belga, em entrevista ao canal de televisão belga VIER, via Instagram, os jogadores voltaram das folgas de fim de ano com sintomas do coronavírus e não foram testados. Nenhum membro da equipe milanesa confirmou ter contraído a covid-19.

"Tivemos uma semana de folga em dezembro, voltamos ao trabalho e juro que 23 dos 25 jogadores estavam doentes. Não estou brincando", afirmou Lukaku, que usou o exemplo do companheiro eslovaco Milan Skriniar. Em 26 de janeiro, o atleta passou mal aos 17 minutos do jogo contra o Cagliari. "Ele não conseguiu continuar e quase desmaiou." O jogo terminou empatado por 1 a 1, no Giuseppe Meazza, em Milão, diante de 70.465 torcedores.

O Campeonato Italiano foi paralisado com a Internazionale na terceira colocação, com 54 pontos, nove pontos atrás da líder Juventus, mas com um jogo a menos. A Lazio está na segunda colocação, com 62 pontos. Restam 12 rodadas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.