Martin Divisek/EFE
Martin Divisek/EFE

Lukaku é alvo de racismo da torcida do Slavia Praga em jogo da Liga dos Campeões

Atacante belga sofre insultos e responde em campo: marca um gol e dá duas assistências na vitória da Inter de Milão

Redação, O Estado de S.Paulo

27 de novembro de 2019 | 21h01

O atacante belga Lukaku voltou a ser alvo de racismo. Durante o jogo entre Inter de Milão e Slavia Praga, o jogador foi ofendido pela torcida do clube da República Checa. Lukaku marcou um gol e deu duas assistências na vitória por 3 a 1 da Inter sobre o Slavia, em confronto válido pela Liga dos Campeões da Europa.

O belga chegou a comemorar um gol colocando a mão no ouvido e olhando para as arquibancadas do estádio, como uma resposta às ofensas racistas que havia recebido antes de balançar as redes. O gol, porém, acabou sendo anulado de uma forma inusitada: o VAR apontou um pênalti para o Slavia na jogada imediatamente anterior.

Mais tarde, Lukaku voltou a marcar, desta vez sem anulação. O atacante belga, que teve ótima atuação, ainda deu assistências para os outros dois gols da Inter, ambos marcados pelo argentino Lautaro Martínez.

Nesta temporada, Lukaku já havia sido vítima de racismo em um jogo contra o Cagliari, pelo Campeonato Italiano. Outros casos recentes vêm acontecendo na Europa, como com o brasileiro Taison e o italiano Balotelli.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.