Leonardo Soares/AE - 2/11/2010
Leonardo Soares/AE - 2/11/2010

Lula aposta em sucesso de Adriano no Corinthians

Ex-presidente acredita na reabilitação do atacante e diz que ele tem 'plenas condições de jogar'

DANIELA MILANESE, Agência Estado

14 de abril de 2011 | 10h37

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta quinta-feira, em Londres, que o jogador Adriano, novo atacante do Corinthians, "tem plenas condições de jogar" com sucesso pelo clube. "Todo mundo acredita nele, é só questão de querer", afirmou, após dar uma palestra fechada a investidores da Telefónica.

Lula fez a declaração pelo fato de Adriano ter sido contratado sob forte desconfiança dos torcedores corintianos, preocupados com o comportamento que o atleta costuma exibir fora de campo, pois o jogador já se envolveu em vários episódios polêmicos.

O corintiano Lula também não mostrou confiança na possibilidade de o meia Paulo Henrique Ganso deixar o Santos para se juntar ao time paulistano, assunto explorado pela imprensa esportiva nos últimos dias.

Após participar do evento com investidores, o ex-presidente segue para Madri, onde almoçará no sábado com o chefe do Governo da Espanha, José Luis Rodríguez Zapatero. Ao fim da viagem, "como não é de ferro", observou, assistirá ao superclássico entre Real Madrid e Barcelona no sábado, pelo Campeonato Espanhol, no Estádio Santiago Bernabéu, a convite do time madrilenho.

Lula não quis revelar para quem torcerá no confronto. Perguntou qual era o time do presidente mundial da Telefónica, Cesar Alierta, que o contratou para realizar a conferência na capital britânica, bancando até mesmo o avião particular, e com quem almoçará na capital espanhola. Como Alierta torce para o Real Zaragoza, brincou: "Então, até amanhã (sexta-feira) à noite, eu sou Zaragoza".

Veja também:

som ESTADÃO ESPN - Bruno César comemora chance na equipe titular

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansAdrianoLula

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.