Lula autoriza BNDES a financiar estádios da Copa

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva autorizou a abertura de uma linha de crédito do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para financiar até 75% das obras de construção e reforma de estádios que receberão jogos da Copa de 2014 - são R$ 400 milhões disponíveis para cada uma das 12 arenas. A informação foi divulgada nesta terça-feira pelo ministro do Esporte, Orlando Silva.

LEONENCIO NOSSA, Agencia Estado

27 de outubro de 2009 | 14h17

Ao sair de uma reunião com o presidente Lula e os ministros Paulo Bernardo (Planejamento, Orçamento e Gestão) e Márcio Fortes (Cidades), no Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB), em Brasília, Orlando Silva disse que os investidores nas obras dos estádios - públicos e privados - terão uma carência de três anos e poderão saldar os débitos com o BNDES em 12 anos. As dívidas serão corrigidas pela Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) mais 1,9% ao ano.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa de 2014Lula

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.