Lula elogia seleção, Ronaldo e Juninho Pernambucano

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva exerceu nesta sexta-feira, de novo, seus dotes de comentarista de futebol ao falar da vitória do Brasil por 4 a 1 sobre o Japão, na quinta-feira. Lula disse que ficou feliz, elogiou Juninho Pernambucano e Ronaldo, mas não demonstrou um entusiasmo exagerado. "É preciso que a gente tenha em conta que talvez tenha sido o melhor dia do Brasil e o pior dia do Japão", disse. "Nós não podemos levar em conta o jogo com o Japão porque o Japão não demonstrou muita resistência, o Brasil teve total domínio do jogo". O presidente mostrou certo temor pelas oitavas-de-final, onde a seleção vai enfrentar Gana. Disse que "a coisa começa a ficar feira a partir de terça-feira" e que todo jogo é "uma pequena guerra". Mas fez elogios. "Uma mudança que eu acho, só eu não, acho que o Brasil inteiro estava reivindicando, era a entrada do Juninho Pernambucano, ou seja, alguém que chutasse mais para o gol, e eu acho que ele fez isso na quinta", disse. "É um bom problema para o Parreira resolver."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.