Lula quer brasileiros e checos na final da Copa de 2014

Presidente diz em discurso que quer repetição da final da Copa de 1962 no Mundial que será realizado no Brasil

Jamil Chade, O Estado de S. Paulo

12 de abril de 2008 | 13h03

O presidente Luis Inácio Lula da Silva coloca o Brasil e a República Checa na final da Copa de Mundo de 2014, repetindo a final de 1962 no Mundial do Chile. Neste sábado, ao visitar Praga, Lula usou seu único discurso ao lado do presidente checo Vladlav Klaus para desejar que essa seja a final do Mundial no Brasil.   Em 1962, a seleção brasileira jogou a final da Copa do Mundo no Chile contra a Tchecoeslováquia para conquistar seu bi-campeonato. Lula, porém, aproveitou a assinatura de um acordo de cooperação economica para falar de futebol.   "A Copa do Mundo de 2014 será no Brasil e espero que a República Checa se classifique e que tenha a mesma sorte que teve na Copa de 1962", ironizou Lula, gerando gargalhadas entre os presentes.   "Espero que joguem bem, ou seja que joguem a final contra o Brasl. Mas é bom que fiquem em segundo e que o Brasil seja o primeiro", disse.   Em 1962, os checos abriram o placar, aos quinze minutos. Mas Amarildo empatou. Mesmo assim, o time de Praga que já havia eliminado a Hungria e Iugoslávia pressionava o Brasil. Mas a seleção virou e ainda Vavá completou o placar com um 3 a 1.   A República Checa é uma das favoritas para conquistar a Eurocopa que ocorre em dois meses, na Suíça.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.