Lula: 'Única divergência entre Brasil e França é no futebol'

Presidente do Brasil não esquece do futebol e torce por reviravolta da seleção diante da França

Efe

12 de fevereiro de 2008 | 18h04

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta terça-feira que a única divergência existente entre o Brasil e a França é no futebol, e disse que o país tentará reverter a recente vantagem francesa nas últimas partidas entre ambas as seleções. Veja também: Lula chega à Guiana Francesa para reunião com Sarkozy França cogita transferir tecnologia militar ao Brasil Sarkozy quer Brasil no G8 e no Conselho de Segurança da ONULula falou sobre o tema durante a entrevista coletiva concedida ao lado do presidente da França, Nicolas Sarkozy, após um encontro na manhã de hoje, em Saint Georges de l'Oyapock, cidade da Guiana Francesa que faz fronteira com o Brasil.Depois que o chefe de Estado francês afirmou que não existem divergências entre ambos os países em assuntos internacionais, Lula esclareceu que os únicos atritos entre Brasil e França dizem respeito ao futebol."Temos uma única divergência de fundo, que é a supremacia da rança nas Copas do Mundo de 1998 e de 2006", disse Lula, ao referir-se às derrotas do Brasil para a França na final do Mundial de 1998, na França, e nas quartas-de-final do Mundial de 2006, na Alemanha. "Mas vamos tentar reverter isso", acrescentou o brasileiro. Na Copa de 86, o Brasil também foi desclassificado pela França nas quartas-de-final, nos pênaltis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.