Lulinha deve ser o titular corintiano no jogo decisivo

Jogador diz que está pronto para ocupar a vaga do meia Diogo Rincón, que está suspenso

Agência Estado,

04 de abril de 2008 | 20h12

O meia-atacante Lulinha garante ter "aprendido muito" com as vaias recebidas dos torcedores corintianos há alguns dias. E, depois de amargar o banco de reservas nos últimos jogos, ele garante que está pronto para comandar o time do Corinthians na "decisão" diante do Noroeste, domingo, em Bauru. Veja também: Simule a classificação final da primeira fase do Paulistão Quais times devem se classificar para a semifinal do Paulistão Classificação Próximos jogos No jogo em que o Corinthians precisa da vitória para tentar chegar à semifinal do Paulistão, o técnico Mano Menezes deu a entender que Lulinha vai ser o substituto do meia Diogo Rincón, que está suspenso e não poderá enfrentar o Noroeste. "Não resta muito tempo para o jogo. E meu parâmetro é que não existe muita coisa para inventar", disse o técnico do Corinthians. "Hoje (quinta-feira), já coloquei o Lulinha para observá-lo e lhe dar confiança", afirmou Mano Menezes, justificando a troca de Diogo Rincón por Lulinha na fase final da vitória sobre o Fortaleza (2 a 0), na quinta-feira, no Morumbi, pela Copa do Brasil. Feliz com a chance, Lulinha está otimista. Além disso, ganhou apoio do companheiro Dentinho. "Disse para ele que vai marcar o gol da vitória", contou o atacante, ao incentivar o companheiro. Lulinha torce para que a premonição do parceiro de quarto nas concentrações dê certo. "Ele ganhou a confiança de todos pelos gols. Espero começar a marcar também para, enfim, conquistar a torcida", disse o jogador, ao falar sobre o sucesso já alcançado por Dentinho.

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansLulinha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.