Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Lusa aposta no Canindé para vencer

Depois de perder por 1 a 0 para o Marília e ver interrompida uma seqüência de três vitórias consecutivas, a Portuguesa conta com a volta ao Estádio do Canindé, que tem sido um ?alçapão? do time na Série B do Campeonato Brasileiro, para voltar também a vencer. Nesta terça-feira, a Lusa abre a 14ª rodada contra o Vila Nova, a partir das 20h30.Em seu estádio, a Portuguesa só perdeu uma vez na competição, quando foi goleada pelo Ituano por 4 a 0, pela nona rodada. Na segunda colocação, com 23 pontos, o time paulistano só vê à sua frente o Santa Cruz, que tem 28 pontos. Para não perder os pernambucanos de vista, o técnico Giba cobra a vitória de seus comandados. "Com 35 pontos estaremos garantidos, mas é sempre bom tentar passar dessa conta para ficar em uma boa colocação e ter vantagens na próxima fase", salientou.A boa notícia para o treinador ficou por conta da recuperação de mais da metade de seu meio de campo titular. Sem Rai, que foi expulso em Marília, Giba vivia a expectativa da melhora de Almir, Alexandre e Rodrigo Pontes, todos com problemas físicos. O caso mais preocupante era o de Almir, que pouco treinou durante a semana. O volante, no entanto, melhorou e foi confirmado. Já Rodrigo Pontes, que por conta de uma amigdalite perdeu quatro quilos e ficou debilitado fisicamente, voltou a treinar e também recuperou sua condição de titular. Alexandre reclamou de dores durante a última semana, mas não preocupa.No domingo, o centroavante Leandro Amaral deu um susto na comissão técnica ao sentir uma dor nas costas, mas ele também está escalado. Como a maré de contusões tem assustado, Giba preferiu não fazer rachão. Optou por uma movimentação física leve um tático rápido à tarde no Canindé. O técnico ainda poder contar com o meia Celsinho no banco de reservas. A jovem revelação do time disputou na segunda-feira a última partida com a Seleção Sub-17 de um torneio preparatória para o Mundial, em Canoas.No Vila Nova, o técnico Roberto Fernandes não poderá repetir o time que venceu o São Raimundo na última sexta-feira, por 2 a 0, e os deixou fora da zona do rebaixamento, na 14.ª colocação, com 16 pontos. O zagueiro Cláudio Luís, o lateral-esquerdo Anderson e o atacante Leonardo Manzi receberam o terceiro amarelo e estão suspensos. Na defesa, Marquinhos Paraná retorna à posição de origem, deixando Andrezinho na direita, onde ele vinha jogando. Na esquerda, o meia Valdeir deve ser deslocado, abrindo uma vaga para Adrianinho no meio de campo. Paulinho Kobayashi, que no último jogo atuou no meio campo, será adiantado para a entrada do volante Fábio Bahia, deixando o time levemente mais defensivo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.