Lusa busca sua 5ª vitória em Manaus

Em busca de sua quinta vitória na Série B do Brasileiro, a Portuguesa enfrenta neste sábado o São Raimundo, às 16 horas, em Manaus, com uma significativa mudança: a presença de Wilton Goiano no ataque, no lugar de Fabrício, suspenso. Meia de origem, e que vinha atuando na lateral-direita, jogar no setor ofensivo não vai ser trabalho dos mais difíceis para Goiano, que conhece bem a posição. "Já joguei várias vezes no ataque. Não é nenhuma novidade para mim". No entanto, o jogador afirma que precisou de alguns treinos para se acostumar na posição. "Não vou dizer que não sinto diferença porque estarei mentindo. Mas nada que prejudique meu rendimento na partida." Com Wilton Goiano na frente, Maurício continua na lateral-direita. "O Maurício atuou muito bem no último jogo (vitória de 3 a 0 sobre o União Barbarense). E não tem motivos para tirar ele do time. Treinei com o Wilton (Goiano) na frente e gostei da formação", disse o técnico Giba. Além do São Raimundo, um adversário difícil, Giba tem outra preocupação amanhã em Manaus: a arbitragem. Nas cinco rodadas do Brasileiro, a Portuguesa já recebeu 26 cartões amarelos e três vermelhos. No Nordeste, nos jogos contra o Náutico e o Santa Cruz, foram 16 amarelos. "Isso é muito estranho. Em um mesmo tipo de lance a gente recebe cartão e o outro time não, principalmente nos jogos no Nordeste. Não sei se é só com nossa equipe, mas é preciso ficar de olho", alertou o treinador, que não acredita que a Lusa seja um time violento. "Muitos dos cartões que tomamos foram injustos. Não somos violentos, não." Amanhã, em Manaus, a Portuguesa vai contar com uma novidade no banco de reservas. O zagueiro Gaúcho, contratado recentemente do Atlético-MG, viajou junto com a equipe e poderá fazer sua estréia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.