Lusa concentrada para o "jogo do ano"

De depender do técnico Giba, a semana promete ser de concentração máxima no Canindé para o que ele considera "o jogo do ano" contra o São Caetano, domingo, em casa, pela última rodada do Campeonato Paulista. A Lusa ainda luta contra o rebaixamento, mas agora só depende de suas próprias forças: precisa vencer para não ficar na dependência de outros resultados. A Lusa soma 21 pontos e ocupa a 16ª posição."Vamos trabalhar dobrado porque a Portuguesa, como grande clube, e sua torcida não merecem esta decepção. Mas já avisei os jogadores que precisamos manter a união e determinação para atingirmos nosso objetivo", diz o técnico Giba, que aceitou o desafio de assumir o time ainda na zona do rebaixamento. Desde sua improvisada estréia no empate diante do Paulista, por 2 a 2, em Jundiaí, no dia 26 de março, Giba se manteve invicto. Quebrou a invencibilidade do São Paulo (2 a 1), superou o Mogi Mirim (1 a 0) e empatou com o Corinthians (1 a 1)."Há duas condições importantes que reforçam minha confiança: a boa seqüência de resultados nos deu confiança e a possibilidade de dependermos apenas de nós mesmos", conclui. O elenco ganhou folga após o empate no Pacaembu e se apresenta nesta terça-feira cedo no Canindé. Giba perdeu três jogadores para a sua "decisão": o goleiro Gléguer, o lateral Wilton Goiano e o volante Alexandre, todos com três cartões amarelos. Por outro lado, poderá utilizar o volante Rodrigo Pontes e o atacante Oliveira que cumpriram suspensão automática.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.