Lusa contra o fantasma em Jundiaí

O fantasma do rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série B ainda atormenta a Portuguesa. Bastou a derrota para a Ponte Preta, por 4 a 3, na abertura da repescagem para tumultuar o ambiente no Canindé. É desta forma que o time busca a reabilitação contra o Paulista, nesta quarta-feira, no Estádio Jaime Cintra, às 20h30. O técnico Luis Carlos Martins acha que não existe motivo para tanta preocupação. A derrota para a Ponte foi a primeira sob seu comando. Antes ele tinha vencido dois jogos e empatado outro. ?O saldo é positivo e o grupo está reagindo bem ao nosso comando. Tudo é questão de paciência, porque os pontos virão", prometeu Martins. Ele fez muito mistério para divulgar seu time, que não terá o zagueiro Junior, com uma lesão muscular. Em seu lugar entra Luis Henrique. Enquanto Martins tenta passar tranqüilidade aos seus jogadores, o estreante Luiz Carlos Ferreira incendiou o clima no Paulista, que respira aliviado pela saída do técnico Edson Gaúcho, que era mal visto entre os próprios jogadores e considerado inimigo número um da torcida. ?Vamos começar vida nova, com jogadores e torcida unidos em prol do Paulista", diz, em tom de discurso, Ferreira, o ?Rei dos Acessos" e que também tem fama de salvar times de situações difíceis. Para este jogo ele fará muitas mudanças no time. A principal delas é natural, porque o experiente volante Vágner Mancini retorna após cumprir suspensão automática. O zagueiro Alex Xavier ganha sua esperada chance na defesa e o habilidoso Fábio Gomes, excluído pelo ex-técnico, volta ao meio-campo. Davi está confirmado no ataque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.