Lusa dispensa elenco por mais um mês

A Portuguesa adia por pelo menos mais um mês a montagem da equipe para o Campeonato Paulista de 2004. Em reunião nesta quinta-feira à tarde entre a comissão técnica e a diretoria, no Canindé, ficou decidido que o elenco só voltará aos treinos no dia 18 de novembro. Até lá, os dirigentes esperam ter definido o elenco para a próxima temporada. No início da semana, os atletas retornaram às atividades após a eliminação do Campeonato Brasileiro da Série B. Mas a diretoria concluiu que não teria nenhum efeito prático manter os atletas treinando, pois a maioria não permanecerá no clube em 2004. Nos últimos dias, mais dois jogadores foram liberados: o lateral-esquerdo Cláudio, que foi para o Santo André, e o goleiro Márcio, que passará por uma cirurgia na mão direita e também pode ir para o clube do ABC. Do elenco que disputou a Série B, já deixaram o Canindé o volante Ricardo Lopes (Ituano), o atacante Marcos Denner (contratado pelo Santo André) e o meia Sérgio Manoel, cujo contrato terminou dia 30 de setembro. O zagueiro William, que pertence ao Joinville, de Santa Catarina, não faz parte dos planos. Os meias Nem (dono dos direitos federativos) e André Luís (que pertence a empresários), o lateral-direito Rissutt, ligado ao Sport, e o atacante Celsinho, que veio do Nacional, também devem ser liberados. Alguns jogadores, como o goleiro Gléguer, que pertence ao Corinthians, o volante Capitão e o atacante Müller, donos dos passes, dependem de acerto - leia-se redução - salarial para continuar na equipe. Estão confirmados no elenco para 2004 os atletas formados nas categorias de base, como o goleiro Fava, o lateral Júlio César, os zagueiros César, Luiz Henrique, Evaldo e Émerson, os meias Rodrigo Costa, Bruno e Nenê, e os atacantes Danilo, Rodrigo, Mineiro e Bauer. Alguns deles disputarão a Copa São Paulo de Juniores, em janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.