Lusa empata com Naviraiense e é eliminada na Copa do Brasil

Para incendiar ainda mais o clima que já estava conturbado no Canindé, a Portuguesa foi eliminada da Copa do Brasil em casa, ao empatar por 1 a 1 com o modesto Naviraiense-MS, nesta terça-feira à noite. O time do Mato Grosso do sul ficou com a vaga porque marcou um gol fora de casa, uma vez que na ida houve empate sem gols, e agora vai enfrentar o Paysandu.

AE, Agência Estado

17 de abril de 2013 | 00h06

No outro jogo da noite, em Salvador, o Vitória goleou o Mixto-MT, por 5 a 1, e passou à segunda fase, já que havia perdido na ida por 2 a 1. O time baiano espera o vencedor do confronto entre Boa-MG e Salgueiro-PE para conhecer seu adversário. No primeiro jogo, em Pernambuco, o Salgueiro venceu por 2 a 0.

Depois de ser humilhada pelo Comercial, ao ser goleada por 7 a 0 pelo Campeonato Paulista da Série A2, a Portuguesa entrou em campo pressionada e sem o técnico Péricles Chamusca, demitido na segunda-feira. Em seu lugar ficou o até então auxiliar Edson Pimenta.

Em campo, a Portuguesa decepcionou. Foi um time nervoso, confuso e sem eficiência. E quase perdeu o jogo, porque sofreu o gol adversário aos 25 minutos do segundo tempo, marcado por Paulo Sérgio. Apesar das vaias da torcida, Flecha Arraya empatou aos 31 minutos. Nos final, o time visitante se fechou, segurou o resultado e levou para casa a inesperada vaga na segunda fase.

VITÓRIA AVANÇA - Na capital baiana, o Vitória não deu sopa para o azar e goleou o Mixto por 5 a 1, devolvendo com certa tranquilidade o 2 a 1 sofrido em Cuiabá. Com três pontos cada time, no saldo de gols o Vitória ficou na frente: 6 a 3. Os gols baianos foram anotados por Dinei (2), Escudero, de pênalti, Vander e Marquinhos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.