Lusa foca Brasileiro e promete poupar na Sul-Americana

O glamour de disputar oficialmente uma competição internacional não parece seduzir a Portuguesa. Pelo menos, esta é a visão do técnico Guto Ferreira. Um dia após a derrota para o Botafogo, por 3 a 1, no Canindé, pela 15.ª rodada, o treinador garantiu que a prioridade da Lusa é o Brasileirão e não a Copa Sul-Americana.

AE, Agência Estado

19 de agosto de 2013 | 21h04

Por conta disso, Guto já adiantou que pretende poupar o time titular para o duelo contra o Bahia, na quinta-feira, em São Paulo, pela competição internacional. "Estamos com muitos problemas de desfalques, todos os jogos temos sofrido com isso", afirmou o treinador, temendo um desgaste físico ainda maior de seus jogadores. No último jogo, a Lusa teve seis desfalques. "Mesmo assim quem entrou deu conta do recado. Dominamos o Botafogo no primeiro tempo, mas depois eles impuseram a melhor qualidade técnica", explicou.

A intenção do comandante da Lusa é aproveitar a semana livre de rodada no Brasileirão para corrigir os problemas do time e dar tempo de recuperação aos jogadores. "No domingo, enfrentamos o Atlético Mineiro e precisamos de força total para somarmos pontos", concordou o lateral Luís Ricardo.

Além das voltas do zagueiro Moisés Moura, do meia Cañete e dos atacantes Diogo e Gilberto, Guto espera a recuperação de alguns lesionados. Entre eles, o zagueiro Lima e o meia Souza, que são os casos menos graves.

Após a última derrota, a Portuguesa se manteve na zona de rebaixamento do Brasileirão, com 13 pontos. Tem dois pontos a menos que a Ponte Preta, a primeira fora da faixa de descenso.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPortuguesaCopa Sul-Americana

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.