Lusa ganha poder de fogo no ataque

A confirmação da estréia do atacante Leandro Amaral na Portuguesa no jogo contra o CRB, nesta sexta-feira, no Canindé, deixou o técnico Giba empolgado com o futuro do time dentro do Campeonato Brasileiro da Série B, onde ocupa a terceira posição, com 20 pontos. Ele acredita que a Lusa vai "ganhar poder de fogo" e não mede as palavras elogiosas para seu novo titular. "É um jogador inteligente, que marca gols e é ídolo no clube. Ele ainda está sem ritmo de jogo, mas na seqüência vai ser o matador que a gente estava precisando", disse um animado Giba, lembrando que já tem o time-base definido e que pode sonhar em chegar à segunda fase e depois lutar pelo acesso. A diretoria, inclusive, já estipulou a premiação por estas duas metas. Embora não revele números. Leandro participou pela manhã desta terça, no Centro de Treinamento do Parque Ecológico, de alguns minutos do jogo-treino contra o Palestra, de São Bernardo do Campo, que disputa a Segunda Divisão Paulista. Os reservas da Lusa venceram por 4 a 1. Com relação ao elenco, a comissão técnica pediu à diretoria mais um zagueiro depois da rescisão contratual de Gaúcho. Com uma lesão no púbis, o próprio jogador tomou a iniciativa de voltar para seu clube de origem, o Atlético-MG. Também deixaram o clube o lateral-esquerdo Claudinho e o atacante Fabrício, que se transferiu para o futebol da Coréia do Sul. Giba está satisfeito com os últimos reforços - os atacantes Mendes e Johnson, além do meia Xuxa e confia na "maturação" de alguns jogadores do time de juniores como os meias Michel e Renan. O time para enfrentar o CRB será confirmado após o coletivo previsto para esta quarta-feira à tarde.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.