Lusa inicia luta por 14 pontos em 6 jogos

O meia Danilo é a maior aposta do técnico Heriberto da Cunha, que estréia no comando da Portuguesa contra o Avaí, nesta sexta-feira, às 20h30, no Canindé. O jogador, de 20 anos, vinha sendo pouco aproveitado no clube, mas está muito motivado com a mudança da comissão técnica. ?Se jogar apenas 10 ou 15 minutos por partida, não vou render nada. Preciso de uma seqüência de atuações, e o Heriberto está me dando confiança", disse Danilo, destaque do time da Lusa que conquistou a Copa São Paulo de Juniores em 2001. Outro fator de motivação para Danilo é o próprio estilo de jogo do novo treinador: ao invés dos três volantes, adotados pelo ex-técnico Luiz Carlos Martins, Heriberto prefere dois meias que apoiem bem a dupla de ataque. ?Gosto mais desse esquema. É um estilo de jogo mais dinâmico, que combina mais com minhas características", afirmou. ?Cada treinador tem suas preferências, mas com o Luiz Carlos (Martins), não tive muito espaço. Espero que a má fase tenha ficado para trás." O técnico Heriberto teve pouco tempo para conhecer o elenco, mas afirma que essa não foi a maior dificuldade que encontrou quando chegou ao clube, há quatro dias. ?Percebi que o grupo estava muito desmotivado. Os jogadores estavam desanimados com os últimos resultados (derrotas para Mogi Mirim, por 2 a 1, Palmeiras, por 4 a 3 e União São João, por 1 a 0). Fiz um trabalho psicológico muito forte, porque não podemos desanimar. Ainda temos seis jogos pela frente", disse o treinador, que já faz contas para a classificação. Segundo os cálculos da comissão técnica, o time, em 15º lugar, com 22 pontos, precisará ganhar quatro jogos e empatar dois, somando 14 dos 18 pontos que tem em disputa. ?Mas precisamos pensar em uma partida de cada vez. Nossas atenções estão todas voltadas para o Avaí." Para enfrentar o time catarinense, o lateral-direito Rissut e o meia Sérgio Manoel, que estavam suspensos, retornam à equipe. Sérgio Manoel era dúvida até esta quinta-feira, mas se recuperou de uma gripe, treinou normalmente e está confirmado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.