Lusa: prêmio pelo 13º lugar no Paulista

Uma partida, três pontos ganhos, o fim de um sufoco que perdurava 16 rodadas. Os 90 minutos diante do São Paulo, na quinta-feira, mudaram a história da Portuguesa e deram aos jogadores um alento que não haviam sentido no ano. Para quem sempre pensou pequeno no Campeonato Paulista (escapar do rebaixamento), os objetivos agora são outros. E mais rentáveis.O presidente do clube, Manuel da Lupa, revelou nesta sexta-feira que os jogadores terão direito a um prêmio de R$ 120 mil caso consigam terminar o Campeonato Paulista na 13ª posição ou acima dela. A Lusa ocupa atualmente a 15ª colocação, com 17 pontos. O 13º é o Guarani, com 20.O elenco ficou animado. "Chegando na 13ª colocação, ou acima dela, teremos o direito de disputar a Copa Federação Paulista (FPF), que vale vaga para a Copa do Brasil. Esse é o nosso maior sonho", disse o presidente da Lusa. "Temos de tentar participar do maior número possível de campeonatos. Isso significa dinheiro em caixa e melhores condições de trabalho."Para quem até outro dia estava com a ?corda no pescoço?, temendo cair para a Série A2, a notícia é animadora. É bom ter objetivos, mas o técnico Giba já adiantou que pretende seguir concentrado em salvar o time do rebaixamento. E o caminho para isso segue tortuoso. No domingo, a Lusa encara em casa o Mogi Mirim. Depois, enfrenta Corinthians e São Caetano.Mas hoje foi dia de sorrir no clube. Pela primeira vez desde o início do Paulistão, o elenco treinou estando fora da zona de rebaixamento. "Isso é um alívio para nós jogadores. É uma situação inédita na temporada, porque mesmo quando vencemos duas partidas seguidas e achamos que íamos escapar da degola, os adversários na mesma situação também se deram bem", comentou o goleiro Gléguer, um dos melhores na vitória sobre o São Paulo, no Pacaembu.

Agencia Estado,

01 de abril de 2005 | 20h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.