Lusa quer 2 do São Paulo por Émerson

A Portuguesa quer dois jogadores do São Paulo para liberar o zagueiro Emerson para o clube do Morumbi. Os dirigentes estão negociando e a situação deve ser definida até o fim de semana. A diretoria da Lusa não confirma os nomes, mas o técnico Candinho pretende contar com pelo menos mais um zagueiro e um atacante. Eles poderiam ser Rogério Pinheiro e Sandro Hiroshi, que não vêm sendo aproveitados por Nelsinho Baptista no São Paulo. Enquanto o caso não é resolvido, Emerson está treinando com a Portuguesa em Jarinu, onde o elenco faz pré-temporada. O atleta não esconde que prefere retornar ao São Paulo. No segundo semestre de 2001, ele foi titular no São Paulo na disputa da Copa Mercosul e do Campeonato Brasileiro. Nelsinho admite liberar Rogério Pinheiro e o jogador também aceita trocar o Morumbi pelo Canindé. O empecilho para que a negociação seja concluída será Hiroshi. A comissão técnica pretende contar com ele, principalmente se a diretoria não conseguir manter Luís Fabiano no time. Até agora, a diretoria da Portuguesa acertou a contratação de dois atletas, Marcus Vinícius, volante, e Bosco, goleiro. Eles estavam no Cruzeiro. Na tarde de quarta-feira, a equipe disputou um jogo-treino com a Internacional de Limeira e empatou por 2 a 2. Candinho ficou aborrecido com o desempenho de seu time no primeiro tempo, mas gostou da atuação na etapa final. A Lusa perdia por 2 a 0, mas Ricardo Oliveira fez 2 e igualou o placar. A partida marcou o retorno do lateral-direito Alexandre Chagas, que havia fraturado o nariz e o maxilar durante a partida com o Cruzeiro, no Campeonato Brasileiro.

Agencia Estado,

09 de janeiro de 2002 | 18h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.