Lusa reclama de novo da arbitragem

Muda a competição e o técnico, mas a choradeira é a mesma na Portuguesa: a possível perseguição dos árbitros contra o time do Canindé. A reclamação desta vez é contra Lourival Dias Filho, que trabalhou na derrota por 4 a 1 para o Vasco. "Eles (árbitros) estão sendo muito rigorosos com o nosso time", disse o treinador Valdir Espinosa, questionando a expulsão do volante Souza, aos 9 minutos do segundo tempo. Na verdade, desde que chegou ao Canindé, Espinosa não viu sua equipe terminar uma partida com todos os jogadores. Em sua estréia, diante do Fluminense, Rogério Pinheiro foi expulso ainda no primeiro tempo, mas o time conseguiu a vitória por 4 a 3. "Tenho curingas e vou cobrar isso nas próximas rodadas", disse o treinador, na oportunidade. Só não contava que viraria moda. Diante do Criciúma, a Lusa sofreu para chegar à igualdade por 2 a 2. Porém, quando perdeu um jogador, acabou caindo, por 3 a 2. Contra o Vasco novo tropeço. Depois de fazer um primeiro tempo muito bom e sair em vantagem por 1 a 0, a saída de Souza acabou com o esquema. Derrota por 4 a 1. Domingo o duelo é contra o São Paulo. Será que alguém vai prejudicar a equipe desta vez?

Agencia Estado,

03 Março 2002 | 19h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.