Lusa rompe a parceria com Brunoro

O projeto de reestruturação do Departamento de Futebol da Portuguesa em parceria com a empresa Brunoro & Cocco Sport Business, de José Carlos Brunoro, naufragou ? durou apenas sete meses e tinha como meta a conquista de um título nos próximos quatro anos e a mudança do nome do clube. O presidente da Lusa, Amílcar Casado, confirmou neste domingo o fim do acordo, firmado em dezembro. ?Está oficializado, acabou?, resumiu o dirigente. A causa do rompimento seria política, já que o clube terá eleições no fim do ano. O projeto não consta nas agendas dos candidatos à presidência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.