Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Lusa tenta vencer a primeira fora de casa

A goleada da Portuguesa por 4 a 1 sobre o Avaí mudou o astral no Canindé. A equipe chegou ao 8º lugar do Campeonato Brasileiro da Série B, com 25 pontos, e volta a ter chances de se classificar para a segunda fase da competição. Porém, para continuar sonhando com uma das oito vagas, enfrentará o CRB, sexta-feira, em Maceió e terá de fazer o que não conseguiu até agora: vencer fora de casa.Em nove jogos longe do Canindé, a Portuguesa somou cinco empates (contra Gama, Botafogo, São Raimundo, Vila Nova e América-RN) e sofreu quatro derrotas (diante do Londrina, Mogi-Mirim, Palmeiras e União São João), com 12 gols a favor e 17 contra. "Temos cinco jogos decisivos pela frente, mas precisamos pensar em um desafio de cada vez. O grupo tem qualidade e pode obter a classificação", disse o treinador Heriberto da Cunha.Pelas contas da comissão técnica, o time precisa somar mais 11 pontos nos 15 que tem a disputar - três vitórias e dois empates - para obter sua clasificação. Além do CRB, a Portuguesa enfrentará o Joinville e o Sport (na última rodada) fora de seu estádio, e receberá o Santa Cruz e o América-MG.Ricardo Lopes - O meia Ricardo Lopes está otimista quanto a recuperação da torção no seu tornozelo esquerdo, sofrida na vitória sobre o Avaí. A previsão dos médicos do clube é a de que Ricardo deverá ficará de 10 a 15 dias afastado da equipe, mas o jogador disse que poderá voltar aos treinos em uma semana. "Estou fazendo tratamento intensivo. Já não sinto tantas dores", disse Ricardo, que deverá ser substituído por Bruno, ou Rodrigo Costa, no jogo diante do CRB.

Agencia Estado,

25 de agosto de 2003 | 18h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.