Portuguesa/Divulgação
Portuguesa/Divulgação

Lusa esgota troca de ingressos por garrafas e repete sorteio de motel

Time tem de vencer o Vila Nova por dois gols para voltar à Série B

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

16 de outubro de 2015 | 15h41

Todos os dez mil ingressos que a Portuguesa e a Federação Paulista de Futebol colocaram à disposição dos torcedores para serem trocados por garrafas PET para a decisão deste sábado, contra o Vila Nova, já estão esgotados. Os últimos bilhetes, que estavam à disposição apenas na sede da torcida organizada do clube, foram trocados na tarde desta sexta-feira.

A troca de duas garrafas PET, de qualquer tamanho, por um ingresso para o jogo contra o Vila Nova, no Canindé, integra o projeto Futebol Sustentável, da Federação Paulista. A iniciativa, que havia sido realizada em diversos clubes do interior, foi feita na Capital pela primeira vez.

Além da promoção, o clube vai repetir as ações promocionais dos últimos jogos. Serão sorteadas diárias nos motéis Summer, Viana Castelo e Secret Garden e uma pizza do restaurante Cezanne. Com as ações, a Lusa espera cerca de 15 mil torcedores no Canindé. 

Para a Lusa, a presença da torcida é fundamental neste sábado. A partida, válida pelas quartas de final da Série C do Campeonato Brasileiro, define uma vaga na Série B do ano que vem. “Nossa torcida tem sido muito generosa. Agora, com essa campanha, tenho certeza que teremos um ambiente favorável e positivo refletido em campo na busca pela vitória”, afirmou o técnico Estevan Soares. O presidente do clube, Jorge Gonçalves, também considera a torcida como fundamental para a vitória. “Eu confio na capacidade do torcedor de apoiar e ajudar o time. O Canindé vai ferver", destacou.

Para quem não conseguiu fazer a troca das garrafas, os preços dos ingressos também foram reduzidos. O valor da arquibancada foi reduzido para R$ 10,00. Nas cadeiras, o bilhete custa R$ 40,00; nas tribunas, a entrada é de R$ 60,00.  

Com a derrota por 1 a 0 no jogo de ida, a Portuguesa precisa vencer dois gols de diferença para voltar à Série B. Vitória por 1 a 0 leva a decisão para os pênaltis. O gol marcado fora de casa também será considerado como critério de desempate, como na Copa do Brasil. Com isso, um gol do Vila Nova no Canindé obrigaria a Lusa a fazer três de diferença. 

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolBrasileirãoPortuguesa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.