Lusa usará Copa Estado como vitrine

A Portuguesa terá dois times no segundo semestre. O principal disputará a Série B do Campeonato Brasileiro, a partir do dia 23, buscando o acesso para a Série A de 2005. Outra equipe, com o nome de Portuguesa B, tentará uma vaga na Copa do Brasil, a qual terá direito o campeão e o vice da Copa Estado de São Paulo, que começará em junho. "São duas formas de projetar o nome do clube. Além disso, usaremos a Copa Estado para movimentar e valorizar nossos jogadores", disse o gerente de futebol José Bressan. Entre titulares, reservas e recém-promovidos para o time profissional, a Portuguesa tem 30 jogadores no elenco. A idéia é utilizar atletas que estejam suspensos no Brasileiro da Série B e garotos que estejam se destacando nas categorias de base. "Queremos tratar melhor os jogadores, evitar que eles briguem com a Portuguesa na Justiça e valorizem o nome do clube", esclareceu Bressan. O gerente de futebol cita como exemplo do cuidado com o patrimônio co clube o lateral Celso Luiz, de 15 anos. Considerado grande promessa do time juvenil, só não assinou contrato porque completará 16 anos em agosto. "Enquanto não tiver idade para se profissionalizar, pegará experiência na Copa Estado." Quatro dos cinco novos contratados para a Série B atuaram como titulares no treino coletivo desta quarta-feira pela manhã, no Canindé: o lateral-direito Ângelo, o lateral-esquerdo Cláudio, o meia Almir e o atacante Edmílson. O zagueiro Accioly, outra aquisição do clube, ainda treina fisicamente. Os novos contratados serão apresentados oficialmente na sexta-feira, no Canindé. Como seqüência da preparação, o time fará um jogo-treino contra a Ponte Preta, sábado, às 15 horas, em Jarinu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.