Luxemburgo assume culpa por derrota

Vanderlei Luxemburgo assumiu a culpa pela derrota do Real Madrid por 2 a 0 para o Athletic de Bilbao, sábado, no Santiago Bernabeu - resultado que deixou o time sete pontos atrás do líder Barcelona. "A responsabilidade foi minha, porque decidi descansar alguns jogadores pensando na partida com a Juventus pela Copa dos Campeões."O treinador deixou Ronaldinho, Zidane e Raúl no banco e só os colocou em campo aos 20 minutos do segundo tempo, quando o time perdia por 1 a 0. "Resolvi arriscar, porque ainda faltam muitos jogos no Campeonato Espanhol (14 rodadas)."Luxemburgo negou que a decisão de deixar Ronaldinho no banco tenha sido um "castigo" por causa do comportamento que o atacante teve durante a semana passada - chegou atrasado nos dois treinamentos seguintes à festa de sua união com Daniela Cicarelli. "Não tem nada de castigo. Pensei no jogo contra a Juventus e resolvei dar um descanso para alguns jogadores, só isso."

Agencia Estado,

20 de fevereiro de 2005 | 21h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.