Amanda Perobelli/ Reuters
Amanda Perobelli/ Reuters

Luxemburgo ataca de cozinheiro e dá dicas de culinária durante a quarentena

Técnico do Palmeiras divulga no YouTube vídeo com receita completa de preparo de lagarto recheado

Redação, O Estado de S.Paulo

17 de junho de 2020 | 15h21

O técnico do Palmeiras, Vanderlei Luxemburgo, comprovou nesta semana ter uma outra aptidão além do futebol. Em vídeo publicado em seu canal no YouTube, o treinador de 68 anos aparece em casa e no papel de chef de cozinha, apresenta aos internautas o passo a passo do preparo de um lagarto recheado com bacon, cenoura e linguiça assado ao forno.

No material, Luxemburgo aparece acompanhado das filhas e apresenta as etapas do preparo, como a separação dos ingredientes e a escolha dos diferentes temperos. O treinador mostra ainda alguns truques da receita, em especial o ajuste da temperatura do forno e a hora correta para se retirar o papel alumínio envolvido na carne. Antes de servir a refeição, o técnico do Palmeiras fatia o lagarto e monta cuidadosamente os pratos.

O canal no YouTube foi criado por Luxemburgo há dois anos, quando estava sem clube. Inicialmente a plataforma serviu para o treinador publicar vídeos com análises sobre futebol e entrevistar amigos. A partir do ano passado, após ser contratado pelo Vasco, o meio de comunicação serviu também para mostrar os bastidores dos times e para enviar recados aos torcedores.

A culinária é uma paixão antiga do treinador. Luxemburgo sempre gostou de cozinhar e até mesmo chegou a preparar alguns pratos para os jogadores que comandava. Em agosto de 2017, no Sport, o técnico reuniu o elenco e a comissão técnica e serviu uma peixada acompanhada de filés de peixe e camarões.

Em entrevista exclusiva recente ao Estadão, o técnico comentou que durante a quarentena tem buscado se reunir com a família para refeições. "Até saio de carro para fazer churrasco na casa da minha filha. Depois ela vem para minha casa e me visita. Fazemos brincadeira em casa com as netas. No condomínio onde moro tem uma quadra e as minhas netas jogam tênis, já que tem o distanciamento. Mas é muito chato (ficar em casa)", afirmou.  

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasVanderlei Luxemburgo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.