Luxemburgo barra Vander e escala Egídio na lateral

O técnico Vanderlei Luxemburgo promoveu mudanças no time do Flamengo no coletivo desta sexta-feira, em preparação para o jogo contra o Boavista, domingo, em Macaé. Um empate garante classificação antecipada para as semifinais da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca.

AE, Agência Estado

04 de fevereiro de 2011 | 19h43

O treinador barrou o meia-atacante Vander e escalou Egídio na lateral-esquerda. Com isso, Renato retorna para o meio-campo, em vez de atuar improvisado na lateral. Renato jogará ao lado de Thiago Neves e Ronaldinho. Deivid foi mantido como o único atacante em campo.

Com o reforço de Renato no meio-campo, o volante Willians continuará recuado, voltado exclusivamente para a marcação, diferentemente do que acontecia no ano passado. Sem Ronaldinho e Neves, Willians participava das jogadas ofensivas com muita frequência.

"Este ano, o Vanderlei procurou conversar comigo e achou que a função que estou fazendo agora o agrada mais. Fico um pouco mais ali atrás, fixo, mais preocupado com a marcação", comentou o volante, após o treino. "O bom momento que eu vivo é graças a ele também. É um técnico que entende de futebol, de grupo, sabe o que tem de fazer. Procuro acatar isso", completou Willians, que sonha em ser convocado para a seleção.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengotreino

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.