Agilberto Lima/Estadão
Agilberto Lima/Estadão

Luxemburgo confirma que recebeu diretor do Palmeiras em sua casa

Treinador é um dos favoritos para assumir o Alviverde no lugar de Gilson Kleina

O Estado de S. Paulo

12 de maio de 2014 | 14h10

SÃO PAULO - O nome de Vanderlei Luxemburgo fica cada vez mais forte no Palmeiras. O treinador, desempregado desde 2013, quando deixou o Fluminense, confirmou por meio de seu site pessoal que o diretor executivo do clube, José Carlos Brunoro, e o gerente de futebol, Omar Feitosa, foram até sua casa para passar a atual situação do clube.

"Muitas notícias estão sendo vinculadas, mas a realidade é uma só: Na sexta-feira, dia 9, fui procurado pelo Brunoro e Omar, em minha casa, onde eles me passaram como é que o Palmeiras está trabalhando hoje em dia", escreveu Luxemburgo.

Ainda segundo Luxemburgo, este teria sido o único contato entre a diretoria do Alviverde e ele. O nome do treinador, que fez história no comando da equipe durante a era Parmalat, é um dos favoritos da diretoria para assumir a vaga deixada por Gilson Kleina.

Entre os outros nomes especulados no Palmeiras estão o de Dorival Júnior, que tem uma ligação especial com o Alviverde por ser sobrinho de Dudu, volante da época da Academia, e Jorginho, que foi técnico interino em 2009. Este último foi visto assistindo a vitória do Palmeiras sobre o Goiás no último sábado, mas garantiu que não há nenhuma negociação em andamento para ele dirigir o time.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasfutebolesportesLuxemburgo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.