Luxemburgo critica apatia do Flu e descarta título

O técnico Vanderlei Luxemburgo apontou a apatia dos jogadores como a principal razão para a derrota do Fluminense por 2 a 1 para o São Paulo, domingo, no Morumbi, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. "Fomos muito apáticos. Não poderíamos ter jogado assim. O São Paulo quis mais a vitória e talvez esse tenha sido o nosso maior erro", afirmou.

AE, Agência Estado

26 de agosto de 2013 | 10h09

O treinador, porém, não deixou de reclamar do árbitro Jaílson Macedo Freitas. Para ele, o juiz prejudicou o Fluminense ao não parar o jogo no lance do primeiro gol do São Paulo para a entrada do substituto do contundido Jean. "Levamos um gol com jogador machucado, que saiu para ser atendido. O árbitro deveria ter autorizado a substituição na hora", disse.

A derrota deixou o Fluminense em 15º lugar no Campeonato Brasileiro, com 18 pontos. E Luxemburgo reconheceu que o time está fora da disputa pelo título do torneio nacional, liderado pelo Cruzeiro com 31 pontos. "O título é difícil. A única coisa que podemos buscar é a vaga na Libertadores", comentou.

No comando do Fluminense desde o dia 30 de julho, Luxemburgo afirmou que ainda busca encontrar o time ideal. "Temos que descobrir a forma ideal. Já encontrei uma coisa muito boa, que é o Edinho jogando de zagueiro e saindo de volante", explicou.

O Fluminense volta a entrar em campo na próxima quarta-feira, quando vai enfrentar o Goiás, às 19h30, no Serra Dourada, na partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. O time carioca venceu o jogo de ida por 1 a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.